quinta-feira, setembro 27, 2007

Fiquei algum tempo pensando que podia lembrar de tudo de tão maravilhosa companhia. Minha filha Sophia tá com 1 ano e 3 meses, quase 1 ano e 4 meses. Acabamos de chegar da pracinha aqui em frente. Ela se diverte. É bonito ver. Tem alguns contratempos, como o amiginho que insiste em querer a mesma bola que ela. Muda de assunto, quer outra bola, um trenzinho, uma boneca presa ao carrinho de alguém. Pega a folha no chão, olha pra árvore. Olha pro céu. Olha em torno. Grita abloblin! abloin! É linda! Chuta a bloin, a bola rola, ela vai atrás, ablooiiinn!

Andei muito tensa, ansiedade. Isso a afetou porque ela mudou. Eu sei que muda rápido. Se ela fica um pouco mais nervosa, lembro ainda dos dentes, que nascem com muito incômodo, sei. Só que era mais que os dentes. Era eu também. Com medo. Medo.

descobri folheando um album que meu sonho é ver minha filha com netos, ou sem netos, convivendo na boa, com amigas e amigos. Imagina quanta alegria! Algumas pessoas têm isso na vida, será que ficam alegres pelas orelhas por conta disso?

não empurro, se quero que ela saia mais rápido da cozinha, pego no colo. Sei que as perninhas ainda são curtas pra um passo mais apressado, e empurrão, mesmo de leve, ninguém gosta.

não forçar nem ficar na fossa, tenho de lembrar, pra ela comer. Não posso adular. Brincar, tratar bem, com carinho, com consideração, não é adular. Adular parece coisa de quem engana.

desde que ela nasceu, peço licença, por favor, digo obrigada. Um dia ela vai entender. Vai aprender também que nem todo mundo é gentil. Ela vai entender que existe agressividade, arrogância, prepotência, falsidade, más intenções... mas não ser comigo.


quero ser a imagem de um abraço frondoso, de uma árvore amiga pra dar sombra, quando ela quiser, pra dar abrigo, e fruto, quando ela quiser.


Minha casa, nossa casa, sempre a casa dela, quando ela quiser.

1 Comentários:

Blogger Naty disse...

será que tem alguma coisa a ver com felicidade?
Ver a cria com os olhos do amor?

12/2/08 18:17  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial