terça-feira, junho 09, 2009

eu vi a sociedade desfilar
na minha frente
vi quem sorria por obrigação e quem
nem assim sorria
o desejo que queria bem mais do que
o que tinha
e quem tinha tanto, tanto mais desejava

vi o roer das unhas até o sangue
e a prova de que ainda se vive
havia gente perfumada e o perfume valia
bem mais do que as narinas tão cansadas de tanta
falta de atenção...

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial