sexta-feira, junho 27, 2008

tempo corre...

minha menina completou dois, e isso há mais de vinte dias. O tempo enquanto realidade subjetiva, não linear, vive ao saltos, trancos e barrancos, mas às vezes, pára num sorriso.

tem uma coleção de sorrisos em minha mente, que não têm preço.

ah, coisa boa é viver, e lembrar do que não pode ser comprado, nem usado.

às vezes, acho que não estou aproveitando o suficiente, porque lembro dos problemas, que giram, e giram na cabeça. Depois, lembro que problema, eu sempre vou ter. No mínimo um problema que me cutuque por dentro, com o imperativo resolve, ou esquece.

Em todas as vidas que a gente vive, dentro desta vida aqui, sempre tem chateação, mas tem também o tempo que para, num sorriso. Quero muitos, muitos outros sorrisos da minha filha.

Fiquei tão ansiosa pro aniversário, e foi muito bom. Ela dançou alegre na hora dos parabéns, e quando as pessoas começaram a ir embora, ela disse "bola tamém".

É bom fazer amizade, é o que sempre digo a ela. Amizade chega sem a gente pedir. Eu sei que é sem pedir, mas eu peço pra mim mesma, quero que a gente crie uma bela amizade, eu e Sophia. Quero muito que gente seja amiga, sem papo-furado. Amiga que olha no olho, e que entende a hora de calar.

Tenho nela uma maravilhosa companhia. Já vai pra escola, passar a tarde toda por lá, vou ter de me adaptar. Sei que pra ela vai ser mais fácil do que pra mim... tomara.

É isso, mas acho que nem pro vento, o tempo tem passado tão rápido quanto por aqui!

sexta-feira, junho 20, 2008

tudo pela sobrevivência!

video

Marcadores: , , ,